ERGONOMIA

  • Blitz Postural
    • É uma atividade que visa avaliar o posicionamento ergonômico utilizado pelos colaboradores nos seus postos de trabalho, frente às características de cada função. O objetivo é identificar erros posturais e orientar ações corretivas, tanto na organização do posto de trabalho como na postura de execução das atividades,orientando e conscientizando os colaboradores sobre as posturas adequadas para que possam evitar dores musculares e nas articulações, assim aumentando o bem-estar e eficiência no trabalho. É realizado individualmente com todos os funcionários sem interrupção das suas atividades, sendo que cada intervenção dura em média 5′.
  • Laudo Ergonômico
    • A Análise Ergonômica do Trabalho (AET) visa estabelecer parâmetros que permitam a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, de modo a proporcionar um máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente.
      As condições de trabalho incluem aspectos relacionados ao levantamento, transporte e descarga de materiais, ao mobiliário e posicionamento do colaborador no mesmo, aos equipamentos utilizados nas atividades, às condições ambientais do posto de trabalho e até à própria organização do trabalho.
      Para avaliar a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, cabe ao empregador realizar a análise ergonômica do trabalho, devendo a mesma abordar, no mínimo, as condições de trabalho, conforme estabelecido em Norma Regulamentadora (NR-17 da Portaria nº 3751 de 23 de novembro de 1990 do Ministério do Trabalho).
      A Ergonomia é parte integrante das normas regulamentadoras devendo estar articulada com as demais normas de Segurança e Medicina do Trabalho, em particular com o Programa de Controle Médico da Saúde Ocupacional – PCMSO, e o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais – PPRA.
      A E-Labore avalia o tema como um todo, identificando a carga física, mental e psicológica de trabalho, sugerindo medidas que minimizem o impacto sobre o indivíduo.
  • Avaliação de Riscos Ergonômicos